10 motivos para consultar com o nutrólogo Danilo Everton. 2 de novembro de 2018

DSC_4214De uns tempos para cá estamos ouvindo muito falar em nutrologia. A primeira referência que vem a nossa mente quando nos referimos a área é o ramo da estética, mas você sabe por que esta especialidade vem ganhando espaço? Separamos aqui 10 motivos para você ir correndo fazer sua consulta com o nutrologo Danilo Everton.

1 – Tratar a obesidade

Para pacientes que estão tratando questões relacionadas ao sobrepeso e a obesidade, a busca por uma consulta com um nutrólogo é uma excelente maneira de agir diretamente na causa do problema. Esse profissional, além das orientações dietéticas, é capaz de medicar e instruir o paciente sobre o melhor tratamento para controle do peso e dos sintomas dessas condições metabólicas.

2 – Tratar transtornos alimentares

Indivíduos que sofrem com transtornos alimentares diagnosticados, como a bulimia e a anorexia, também podem se beneficiar da consulta com um nutrólogo. Esse profissional pode auxiliar no tratamento das condições, sempre ao lado de um profissional de psiquiatria, para dar suporte nutricional ao paciente que precisa combater essas situações.

3 – Acompanhar atletas

Atletas precisam de acompanhamento nutricional regular, visto que suas atividades demandam um alto gasto de energia metabólica, aliado a uma grande melhora no desempenho. O nutrólogo é capaz de acompanhar de perto essas condições, orientando adequadamente a alimentação desses indivíduos.

4 – Praticar a nutrição preventiva

nutrólogo não é somente um profissional que atua no tratamento de doenças relacionadas com a alimentação. Ele também é capaz de praticar a nutrição preventiva, auxiliando a melhorar a alimentação de pacientes que ainda não manifestaram alterações importantes na saúde.

5 – Realizar a nutrição da terceira idade

Idosos também precisam de um acompanhamento detalhado da alimentação, visto que apresentam maior dificuldade de digestão e absorção de determinados alimentos e nutrientes. O nutrólogo pode orientar e auxiliar esses pacientes na melhora dessas condições, garantindo melhor nutrição para eles.

6 – Auxiliar pacientes a alcançar qualidade de vida

Pacientes que se alimentam de maneira irregular – situação que resulta em baixa qualidade de vida – também podem precisar de um acompanhamento nutricional feito por esse profissional. A melhora da qualidade da alimentação pode aumentar a disposição e a sensação de bem-estar, geralmente prejudicadas nesses pacientes.

7 – Realizar avaliação da composição corporal

Para quem deseja conhecer sua composição corporal e atuar diretamente na melhora da qualidade de vida após a avaliação desses indicadores, pode contar também com o suporte do nutrólogo. Esse profissional é capacitado para realizar todos os exames e análises que permitem fechar um diagnóstico da composição corporal do paciente.

8 – Tratar doenças crônicas

Doenças crônicas não transmissíveis, como a diabetes, hipertensão e aterosclerose, também podem ser acompanhadas e tratadas com a ajuda do nutrólogo, visto que boa parte desse tratamento é realizado com o ajuste dietético.

9 – Tratar doenças metabólicas

Doenças relacionadas com o metabolismo, como a doença celíaca, intolerância à lactose e outras similares, também podem ser tratadas com a ajuda do nutrólogo, que além dos ajustes dietéticos, podem medicar sintomas e influenciar na recuperação do paciente.

10 – Realizar avaliação nutricional

O fechamento do diagnóstico nutricional de um paciente, que envolve não somente uma análise de sua alimentação, como também a avaliação da composição corporal e de seus exames bioquímicos, também é realizada pelo nutrólogo. Esse diagnóstico ajuda a tornar tratamentos mais eficientes e também a atuar na melhora da qualidade de vida.

 

Ficou na dúvida entre a nutrólogo e o nutricionista? São atividades bem parecidas. Ambas ligadas à alimentação, mas com enfoques diferentes. As duas acabam desenvolvendo um trabalho de comunhão e parceria, onde o nutrólogo poderá solicitar ao nutricionista uma dieta específica e adequada para as deficiências de um paciente. Cada um com conhecimentos específicos e juntos conseguem otimizar ainda mais os resultados buscados pelos pacientes.

 

 

 

 

Leia também